Pages

13 de janeiro de 2014

Dias de um verão qualquer




Encontraram-se a favor do acaso. Caminharam lado a lado. Ela pulou uma poça de água da chuva enquanto ele comprava dois picolés de morango. Era uma quase nublada manhã de sábado, mas ambos sabiam que o sol cedo ou tarde chegaria. Ela estava em recesso acadêmico. Ele, de folga do trabalho. Combinavam na maneira de nomear aquela praia que poderia ter sido deserta.

- Você pode escolher entre Lugar-Nenhum e Terra do Nunca - disse ela.
- E eu que me considerava criativo por chamá-la de Portões do Reino Perdido!
- Ei, essa é boa! Muito bem elaborada.

Ele sorriu. Mãos foram dadas.

Mergulharam no mar que jamais seria cristalino como um dia fora. Construíram um castelo de dois andares, sete janelas e quatro portas. Contaram conchas multifacetadas presas à areia.
Ao fim de tarde, um beijo e peles avermelhadas por conta da falta de protetor solar.

- Queria que essas férias não terminassem – murmurou ela, assistindo ao pôr-do-sol.
- Queria que esse dia não terminasse. Você sabe, eu preciso ir – disse ele, sem encará-la.
- Acha que, algum dia, nós nos veremos de novo?
- Não sei, dizem que amores de verão não costumam subir a serra.
- E é isso que somos um para o outro? Amores de verão?
- Talvez amores de um dia?

Ele observou o horizonte, pensativo, antes de responder a si mesmo.
- Penso que não, preciso de mais de um dia para te ensinar a surfar.
Braços enlaçaram seu ombro, apertando-o de maneira desajeitada.

- Então, todos os fins de semana possíveis?
- E as noites que se enquadrarem aos nossos fins.
- Como essa?
- Como essa...


5 comentários:

lumoliani disse...

só você pra arrancar um sorriso de leve enquanto ainda to com sono. Adoro a sua cândidez.

Dine disse...

obrigada! E candidez é uma palavra mais que linda

M. Deméter disse...

me lembrou querido john, pode? ficou bonito, como tudo que você faz. (:

Dine disse...

eu até hoje não li querido john, acredita? algo contra o sparks haha
mas obrigada, Maahzoca. A beleza está nos olhos de quem vê <3

M. Deméter disse...

Eu tenho coisa contra sparks também. SUAHSUAHUSHA li dois dele antes de saber que ele tinha 5mil igual, gostei de um (querido john), o outro achei bobíssimo.. agora nem tenho vontade de ler nada dele USHAUSHAU

Postar um comentário