Pages

6 de outubro de 2013

Não se pode dizer adeus duas vezes


Você não me encara mais
nos olhos.
Não me retruca,
não discorda.
  
Não avisa, não desvia.
Engole suas verdades,
minhas casualidades.

Eu já fui embora,
não posso ir mais uma vez.
Então peço que não me peça,
escolha:

se não quer me ver,
que saia da minha vida
você.

4 comentários:

Samantha Coelho disse...

seus poemas sempre tão lindos e leves. não tem como não reler várias vezes antes mesmo de vir comentar. <3

Dine disse...

moooooms, obrigada, sua linda <3

Samantha Coelho disse...

Essa sou eu relendo o poema novamente e me admirando novamente hahahaha sou dessas!

e agora que reli percebi que ele parece uma musiquinha *-*

Dine disse...

Só você mesmo, moms! haha sério que parece? tô tentando cantarolar agora e até que sai um ritmozinho, um amor.

Postar um comentário