Pages

20 de setembro de 2013


Sem pressa,
desenrolo o fio 
de linha
que canta a vida da senhora 
sozinha.

Num eterno vazio que 
grita no escuro,
resvala o relógio,
chora do avesso,
provoca um anseio,
sussurra um gracejo, 
guia o menino,
alimenta o ninho 
do pássaro que canta 
sozinho.

2 comentários:

Samantha Coelho disse...

''Sem pressa,
desenrolo o fio
de linha
que canta a vida da senhora
sozinha.

Num eterno vazio que
grita no escuro,
resvala o relógio,
chora do avesso,
provoca um anseio,
sussurra um gracejo,
guia o menino,
alimenta o ninho
do pássaro que canta
sozinho.''

Cotei tudo por motivos de não conseguir escolher uma parte preferida e. e. e. que lindeza mais linda filha! *-*

Dine disse...

Obrigada, sua linda <3

Postar um comentário