Pages

29 de outubro de 2012

Cor-de-saudade



(para todos aqueles que já tiveram que pensar em sua cor-de-saudade)


 Dentre pés borrados
Sapatos descalços
Olhos acanhados

Pincéis enlaçados

Dentre toda uma confusão ilógica
Uma briga de sentimentos
O que vale é o que se tem por dentro

Exprimido com tintas desorientadas

Dentre todas as cores de um arsenal
Escolhi uma apenas para lhe falar
A escolhida o é, não me leve a mal,

Um tanto simples, quase ninguém

Ela é cor de amizade
Assim, meio ofuscada; branquinha...
Cor-de-saudade

A ausência de todas as cores, diriam.

Só que se cada pessoa pertence a uma cor
(Ou uma cor é de uma pessoa)
Quando não existe mais tonalidade
Não existem mais pessoas.

O branco, aquele da neve, significa distância.

(morte...)

Mas, na realidade,
Se formos pensar bem!
Nenhuma cor teria tanta maldade
Como a saudade tem.

Para afastar quem se ama de verdade
Sem pensar no sofrimento também. 

10 comentários:

Mirana ® disse...

GEMT.
PÁRA TUUUUUUUUUUUUUUDO!!

Que poema mais perfeito, Pudim *---*
Amei amei amei <3<3<3<3

Ps: Porque ninguém sabe falar de cores melhor que você <3

Dine disse...

RAAAAAAAAAAAI, SUA LINDA, que linds ver você por aqui. Muito, muito obrigada *oooo*

Ps: não tenho tanta certeza disso, mas obrigadão mesmo assim, amora <3

M. Deméter disse...

" Nenhuma cor teria tanta maldade
Como a saudade tem."

Maravilhoso *-*

Dine disse...

MAAAAAAAAAAAAH <3 Maravilhoso vindo de Mara, né? Porque olha! (amei o quase trocadilho)

Natie disse...

"Mas, na realidade,
Se formos pensar bem!
Nenhuma cor teria tanta maldade
Como a saudade tem."

Essa sou eu sendo muito fã!

Dine disse...

NAAAAAAAAAAATIE *O* que honra!

Micael Auler disse...

Tô com saudade de você, é.

Dine disse...

Eu tô com mais saudade de você, é

Samantha Coelho disse...

QUE FODA!

"Mas, na realidade,
Se formos pensar bem!
Nenhuma cor teria tanta maldade
Como a saudade tem.

Para afastar quem se ama de verdade
Sem pensar no sofrimento também. ''

Adorei!

Dine disse...

Tenho um carinho especial por esse poema, por toda uma época que ele me lembra e, nesse momento, sou toda cor-de-saudade também.

Postar um comentário